Frutas nativas do Tocantins com potencial de aproveitamento econômico

  • Antonio Carlos Pereira Unitins
  • Eduardo Ribeiro dos Santos Unitins

Abstract

O objetivo deste trabalho foi identificar as espécies frutíferas nativas do cerrado tocantinense de valor
alimentício, com potencial de aproveitamento econômico, bem como a elaboração de um calendário anual
de frutificação. Foram adotados os seguintes procedimentos: visitas às feiras de Palmas, Tocantins, visando
identificar as espécies frutíferas comercializadas; visitas a empreendimentos que processam e comercializam
produtos à base de plantas frutíferas; revisão bibliográfica; pesquisas no Herbário HUTO da UNITINS.
Registraram-se 71 espécies frutíferas pertencentes a 23 famílias botânicas. As famílias que contribuíram com
maior riqueza de espécies foram: Arecaceae (10 spp.), Malpighiaceae (6 spp.), Caesalpiniaceae, Myrtaceae
e Rubiaceae (5 spp. cada), Melastomataceae e Mimosaceae (4 spp. cada). Dessas 71 espécies registradas,
apenas 16 (23%) são comercializadas nas feiras, sendo as mais comuns: bacaba (Oenocarpus distichus Mart.),
buriti (Mauritia flexuosa L. f.), cajá (Spondias mombim L.), caju (Anacardium occidentale L.), cajuí (Anacardium
humile A. St. Hil.), babaçu (Orbignya phalerata Mart.), macaúba (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd.ex.Mart.),
mangaba (Hancornia speciosa Gomes), murici (Byrsonima orbignyana A. Juss.), pequi (Caryocar coriaceum
Wittm.), pitomba (Talisia esculenta (A. St.-Hil.) Radlk., pitomba-nativa (Talisia intermedia Radlk.). A forma
mais comum de venda dessas frutas é in natura ou a polpa fresca. O reduzido número de espécies exploradas
demonstra o potencial de crescimento deste mercado. No Tocantins, iniciativas que exploram frutos nativos,
ainda são incipientes e artesanais, produzindo principalmente doces, licores e geléias, principalmente de
origem extrativista.

Author Biographies

Antonio Carlos Pereira, Unitins

Tecnólogo em Agronegócios, Técnico do Herbário HUTO da Fundação Universidade do Tocantins Palmas/TO. E-mail: antoniocleid@hotmail.com

Eduardo Ribeiro dos Santos, Unitins
Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Tocantins(1997) e mestrado em Botânica pela Universidade Federal de Viçosa(2000). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade do Tocantins e Membro de corpo editorial da Revista Ciência Agroambiental. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Florística e Fiossociologia. Atuando principalmente nos seguintes temas:Florística, Fitossociologia, Tocantins, Bioma Cerrado.

References

Agostini-Costa, T. S.; Silva, D. B.; Vieira, R. F.; Sano, S.

M.; Ferreira, F. R. Espécies de maior relevância para

a região Centro-Oeste. In: Vieira, R. F.; Sano, S. M.;

Ferreira, F. R. Frutas nativas da região Centro-Oeste

do Brasil. Brasília: Embrapa, 2006. 200p.

Almeida, S. P.; Agostini-Costa, T. S.; Silva, J. A. Frutas

nativas do Cerrado: caracterização físico-química e

fonte potencial de nutrientes. In: Sano, S. M.; Almeida,

S.P.; Ribeiro, J. F. Cerrado: Ecologia e Flora. Brasília/

DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2008. 406p.

Almeida, S.P.; Proença, C.E.B.; Sano, S.M.; Ribeiro,

J.F. Cerrado: espécies vegetais úteis. Planaltina:

EMBRAPA-CPAC, 1998. 464p.

Cavalcante, P. B. Frutas comestíveis da Amazônia.

Belém: CNPq/Museu Paraense Emílio Goeldi. 1996.

p.

Felfili, J. M.; Haridassan, M.; Mendonça, R. C.;

Filgueiras, T. S.; Silva Junior, M. C.; Rezende, A. V. 1994.

Projeto biogeografia do bioma cerrado: vegetação e

solos. In: Cadernos de geociências, Rio de Janeiro.12,

-165.

Garritano, G.; Jorge, C. L.; Gulias, A. P. S. M. Murici. In:

Vieira, R. F.; Sano, S. M.; Ferreira, F. R. Frutas nativas

da região Centro-Oeste do Brasil. Brasília: Embrapa,

200p.

INSTITUTO ECOLÓGICA. Projeto Selo de Carbono.

Capturado via: http://www.ecologica.org.br/

projetos_atuais_selo.php. Em 29/06/2010.

Lorenzi, H. Árvores brasileiras: manual de identificação

e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova

Odessa: Instituto Plantarum, 1992. v. 1, 352 p.

Lorenzi, H. Árvores brasileiras: manual de identificação

e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova

Odessa: Instituto Plantarum, 2002. v. 2, 352 p.

Lorenzi, H. Árvores brasileiras: manual de identificação

Versão On Line.

Pereira e Santos, A. C. et al.,

Vol. 1, N. 1 (2014) 22-37

e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova

Odessa: Instituto Plantarum, 2008. v. 3, 352 p.

Lorenzi, H.; Bacher, L.; Lacerda, M.; Sartori, S. Frutas

brasileiras e exóticas cultivadas (de consumo in

natura). Nova Odessa: Instituto Plantarum. 2006.

p.

Lorenzi, H.; Souza, H.M.; Madeiros-Costa, J.T.;

Cerqueira, L.S.C.; Ferreira, E. 2004. Palmeiras

Brasileiras e Exóticas Cultivadas. Nova Odessa:

Instituto Editora Plantarum. 2004. 433p.

Machado, R.B., M.B. Ramos Neto, P.G.P. Pereira,

E.F. Caldas, D.A. Gonçalves, N.S. Santos, K. Tabor

E M. Steininger. Estimativas de perda da área do

Cerrado brasileiro. Relatório técnico não publicado.

Conservação Internacional, Brasília, DF. 2004.

Machado, S. R.; Barbosa, S. B.; Campos, C. J. Cerrado

Palmeira da Serra. São Carlos: Rima, 2005. 150p.

Martins, R. C; Santelli, P.; Filgueiras, T. S. Buriti. In:

Vieira, R. F.; Sano, S. M.; Ferreira, F. R. Frutas nativas

da região Centro-Oeste do Brasil. Brasília: Embrapa,

200p.

Mendonça, R.C.; Felfili, J. M.; Walter, B, M. T.; Silva-

Júnior, M. C.; Rezende, A. V.; Filgueira, T. S.; Nogueira,

P. E.; Fagg, C. W. Flora vascular do Bioma Cerrado:

Checklist com 12.356 espécies. In: Cerrado: Ecologia

e flora. Brasília: EMBRAPA. 2008. v. 2. 1279p.

Myers, N.; Mittermeier, R. A.; Mittermeier, C. G.;

Fonseca, G. A. B.; Kent, J. 2000. Biodiversity hotspot

for conservation priorities. Nature. 403,853-858.

Parente. H. V.M.; Santos. E.R.; Haidar. R.F. Floristica

e Fitossociologia em floresta estacional no Município

de Porto Nacional, Tocantins. In: Anais do 15 Jornada

de iniciação cientifica da Unitins. Palmas/TO: Unitins.

, p.76-82.

Pereira, A. V.; Pereira, E. B. C; Silva-Júnior, J. F.; Silva,

D. B. Mangaba. In: Vieira, R. F.; Sano, S. M.; Ferreira,

F. R. Frutas nativas da região Centro-Oeste do Brasil.

Brasília: Embrapa, 2006. 200p.

Pereira, B. A. S. (Coord.). Árvores do Brasil Central:

espécies da região geoeconômica de Brasília. Rio de

Janeiro: IBGE. 2002. 417p.

Pott, A.; Pott, V.J. Plantas do Pantanal. Corumbá:

EMBRAPA/CPAP. 1994. 320p.

Ribeiro, J. F. Oliveira, M. C. Gulias, A. P. S. M., Felfili-Fag,

J. M. Aquino, F. G. Usos múltiplos da biodiversidade no Bioma Cerrado: estratégia sustentável para a

sociedade, o agronegócio e os recursos naturais. In:

Faleiro, F. G. e Farias-Neto, A. L. Savanas: desafios

e estratégias para o equilíbrio entre sociedade,

agronegócio e recursos naturais. Planaltina: Embrapa

Cerrados. 2008, 1198p.

Ribeiro, J.F., Walter, B.M.T. Fitofisionomias do bioma

cerrado. In: Sano, S.M. Almeida, S.P. (Eds.). Cerrado:

ambiente e flora. Planaltina: EMBRAPA, CPAC, 1998.87-

p.

Santos, E. R.; Lolis, S. F. 2007. Análise florística em

comunidades florestais nos municípios de Caseara,

Marianópolis e Pium, no Estado do Tocantins. Revista

Carbono Social.. 1, 24-31.

Santos, E. R.; Lolis, S.F.; Rodrigues, L. K. M.; Carvalho,

Z. C. 2006. A Flora do Campus de Porto Nacional,

Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional,

Tocantins, Brasil. Revista Ciência Agroambiental. 1, 61-

Santos, E. R.; Santos, W. F. 2007. Fitossociologia em

formações florestais na faixa de domínio da rodovia

BR 010, trecho Aparecida do Rio Negro - Goiatins,

Tocantins. Revista Ciência Agroambiental. 2, 69-81.

Santos. E. R.; Pereira. C. B. Flora da Sub-bacia

ribeirão São João, região central do Tocantins-Dados

preliminares I Tocantins. In: Anais do III seminário de

ciência e tecnologia agropecuária da Unitins. Palmas:

Unitins. 2008. 11p.

Silva, D. B.; Silva, J. A.; Junqueira, N. T. V.; Andrade, L.

R. M. Frutas do Cerrado. Brasília: Embrapa Informação

Tecnológica. 2001. 178p.

Silva, S. R. Plantas do Cerrado utilizadas pelas

comunidades da região do Grande Sertão Veredas.

Brasília: Funatura. 1998. 109p.

Silva-Júnior, M. C. + 100 Árvores do Cerrado - Matas de

Galeria. Brasília: Rede de Sementes do Cerrado. 2009.

p.

Silva-Júnior, M. C. 100 Árvores do Cerrado: guia de

campo. Brasília: Rede de Sementes do Cerrado. 2005.

p.

Soares. F. P.; Paiva. R.; Nogueira. R. C.; Stein. V. C.;

Santana. J. R. F. Marolo: uma frutífera nativa do Cerrado.

Boletim Técnico Ed. UFLA, n.º 82 - p. 1-17. 2009.

Vieira, R. F.; Sano, S. M.; Ferreira, F. R. Frutas nativas

da região Centro-Oeste do Brasil. Brasília: Embrapa,

200p.

Published
2016-06-01
How to Cite
Pereira, A. C., & Santos, E. R. dos. (2016). Frutas nativas do Tocantins com potencial de aproveitamento econômico. AGRI-ENVIRONMENTAL SCIENCES, 1(1). Retrieved from https://revista.unitins.br/index.php/agri-environmental-sciences/article/view/44
Section
Artigo científico