AS RECONFIGURAÇÕES DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DIANTE DO ENSINO REMOTO E AS IMPLICAÇÕES PARA O PROCESSO FORMATIVO

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi analisar as implicações para o processo formativo ocasionadas pelas reconfigurações do Estágio Curricular Supervisionado em Educação Física diante do contexto de implementação do ensino remoto emergencial. Participaram da pesquisa 11 acadêmicos matriculados na disciplina Estágio Curricular Supervisionado I de uma universidade pública situada na mesorregião norte central do Paraná. Os dados foram produzidos por meio de um questionário elaborado na plataforma Google Forms® e analisados com base no método de análise de conteúdo. Foram evidenciadas implicações ao processo formativo, que ora se configuram como novas aprendizagens, ora denotam prejuízos à formação inicial devido as limitações nas vivências e experiências da real dimensão do trabalho pedagógico necessárias a construção da identidade profissional e dos saberes docentes. Reitera-se a importância do estágio como eixo articulador da formação de professores que requer a constante reflexão, num exercício cíclico da práxis pedagógica, saberes docentes e desafios cotidianos.

Biografia do Autor

Andréia Paula Basei, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Docente do Departamento de Ciências do Movimento Humano da Universidade Estadual de Maringá (UEM - Campus Regional do Vale do Ívai). 

Referências

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2011.

BRASIL. Presidência da República. Lei n. 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes. 2008. Disponível em: <http://www.planalto. gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm>. Acesso em: 12 jun. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP 5, de 28 de abril de 2020. Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Brasília: DF, 2020. Disponível em: <http://www.in.gov.br /en/web/dou/-/despacho-de-29-de-maio-de-2020-259412931>. Acesso em: 31 mar. 2021.

CANTANHEDE, A. L. I.; OLIVEIRA, A. C. M. de. Percepção dos Professores de Educação Física sobre as aulas remotas em escolas estaduais de Minas Gerais em tempo de Covid-19: impressões iniciais. Pensar a Educação em Pauta, s/n, maio 2020. Disponível em: < https://pensaraeducacao.com.br/pensaraeducacaoem pauta>. Acesso em: 30 maio 2021.

CIPRIANI, F. M.; MOREIRA, A. F. B.; CARIUS, A. C. Atuação Docente na Educação Básica em Tempo de Pandemia. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 46, n. 2, e105199, 2021. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/edreal/a/tqLcF8PZfsBxsyF3ZKpyM9N/?lang=pt>. Acesso em: 14 mar. 2022.

GONÇALVES, N. K. R.; AVELINO, W. F. Estágio supervisionado em educação no contexto da pandemia da Covid-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 4, n. 10, p. 41–53, 2020. DOI: 10.5281/zenodo.4022983. Disponível em: <https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/47>. Acesso em: 17 mar. 2022.

GUSSO, H. L. et al. Ensino superior em tempos de pandemia: diretrizes à gestão universitária. Educação & Sociedade, v. 41., 2020. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/es/a/8yWPh7tSfp4rwtcs4YTxtfr/?lang=pt >. Acesso em: 15 mar. 2022.

HEGETO, C. F.; LOPES, D. C. Desafios do Estágio obrigatório em tempos de pandemia. Cadernos de Estágio, v. 3, n. 1, p. 172-183, set. 2021. Disponível em: <https://periodicos.ufrn.br/cadernosestagio/article/view/25936>. Acesso em: 17 mar. 2022.

HOELLER, S. A. de O.; SANTOS , F. G. dos; PIRES, R. S. Estágio Supervisionado e percurso formativo no curso de Pedagogia: desafios e possibilidade no contexto da pandemia (COVID 19). Pesquisa e Ensino, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 202128, 2021. Disponível em: <https://revistas.ufob.edu.br/index.php/pqe/article/view/779>. Acesso em: 31 maio. 2021.

LINHARES, P. C. A; IRINEU,T. H. da S.; SILVA, J. N da; FIGUEREDO, J.P de; SOUSA, T. P. de; A importância da escola, aluno, estágio supervisionado e todo o processo inicial do professor. Revista Terceiro Incluído, v.4, n. 2, 2014. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/index.php/teri/article/view/35258>. Acesso em: 21 jun.2021.

NOVÓA, A. Professores: Imagens do futuro presente. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, 2009.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e Docência. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

PIMENTA, S. G. (Org.). Saberes Pedagógicos e Atividade Docente. São Paulo: Cortez, 1999.

SOUZA, E. M. de F.; FERREIRA, L. G.. Ensino remoto emergencial e o estágio supervisionado nos cursos de licenciatura no cenário da pandemia de covid 19. Revista Tempos e Espaços em Educação, v. 13, n. 32, e-14290, jan./dez.2020.

TARDIF, M. Saberes Docentes e Formação Profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

Publicado
2022-04-08
Seção
O PAPEL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA