LITERATURA NA PRIMEIRA INFÂNCIA: PROGRAMA NACIONAL BIBLIOTECA DA ESCOLA E UMA PRÁTICA DE LEITURA

Renata Junqueira de Souza, Claudia Leite Brandão

Resumo


O artigo fundamenta-se na promoção do acesso aos livros de literatura para as crianças por meio do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE). Diante disso, indagamos: Como funciona o PNBE na ação de distribuir obras literárias para as crianças da Educação Infantil? Quais as possibilidades de promover prática de leitura com as obras do Programa?. Assim, este texto tem por objetivo apresentar informações do Programa Nacional Biblioteca da Escola na distribuição de livros de literatura para a infância e descrever uma prática de leitura realizada com as crianças, por meio da obra Bruxa, Bruxa, venha a minha festa, de Arden Druce. Para tanto, o presente estudo, utilizou-se da abordagem qualitativa, com a pesquisa documental e bibliográfico, para compreender e detalhar algumas informações sobre o Programa, bem como o estudo de caso para a prática realizada com crianças da Educação Infantil de uma creche, da cidade de Presidente Prudente – São Paulo. 

Texto completo:

PDF

Referências


BAPTISTA, M. C. A linguagem escrita e o direito à educação na primeira infância. Brasília: Ministério da Educação, 2010. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=6673-linguagemescritaeodireitoaeducacao&Itemid=30192>. Acesso em: Fev. de 2017.

BRANDÃO, C. L. PNBE do Professor: Usos e desusos. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Mato Grosso. Rondonópolis, 2016. Disponível em:< http://www.ufmt.br/ppgedu/arquivos/6cccbc75047c22ef32f0289c54379db4.pdf> Acesso em: Jun. de 2016.

BRANDÃO, C. L; RODRIGUES, S. de F. Livros fora da caixa: proximidades e distanciamentos entre Programa Nacional Biblioteca da Escola e os professores in: Congresso em Educação – CONPEDUC, 2015, Mato Grosso: UFMT/CUR. Anais Pesquisa em Educação: a interdisciplinaridade em questão, 2015b, p. 858 – 866.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução nº 7, de 20 de março de 2009. Dispõe sobre o Programa Nacional Biblioteca da Escola. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 2009.

BRASIL. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Programa Nacional Biblioteca da Escola. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/programas/biblioteca-da-escola/biblioteca-da-escola-apresentacao. Acesso em: Jan. de 2016.

CIRINO, D. B. L. Programa Nacional Biblioteca da Escola – PNBE: apropriação dos acervos nas escolas municipais de Ipameri – GO. 2015. 186f. Dissertação de Mestrado em Educação, Universidade Federal de Goiás, Catalão, 2015.

DRUCE, A. Bruxa, bruxa: venha a minha festa. Ilustração de Pat Ludlow. São Paulo: Brinque-book, 1995.

MACHADO, M. Z. V. A criança e a leitura literária: livros, espaços, mediações. Brasília: Positivo, 2012.

MINAYO, M. C. de S. Ciência, Técnica e Arte: O desafio da pesquisa. In: MINAYO. M. C. de S. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade, 29 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. p. 09 - 29.

NISKIER, A. “Um País se faz com homens e livros”. In: PRADO, Jason. (org.). A formação do leitor: pontos de vista. Rio de Janeiro: Argus, 1999, p. 17 -24.

PAIVA, A. Literatura fora da caixa: o PNBE na escola: distribuição, circulação e leitura. São Paulo: Editora UNESP, 2012, p. 04- 15.

PAIVA, A. PNBE: seleção, distribuição, circulação e usos de livros de literatura na Educação Infantil: uma política em (re)construção. In: BRASIL. Literatura na Educação Infantil: Acervos, espaços e mediações. Brasília: MEC, 2015, p. 157- 180. Disponível em: Acesso em: Nov. de 2016.

SANTOS, P. C. D. dos. Brincando com o movimento: uso do recurso flanelógrafo. In: SOUZA, Renata Junqueira de (et al.) A arte narrativa na infância: práticas para o teatro da leitura e a contação de histórias. Campinas: Mercado de Letras, 2015, p. 51- 54.

SILVA, V. S. da. Foi assim que me contaram, foi assim que te contei; diálogo e reflexões sobre a narração de histórias. In: SOUZA, Renata Junqueira de (et al.) A arte narrativa na infância: práticas para o teatro da leitura e a contação de histórias. Campinas: Mercado de Letras, 2015, p. 17 - 26.

SOARES, M. Livros para a Educação Infantil: a perspectiva editorial. In: PAIVA, Aparecida; SOARES, Magda (orgs.). Literatura Infantil: políticas e concepções. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008. p. 21 – 34.

SOARES, M. PAIVA, Aparecida. Introdução. In: BRASIL. PNBE na escola: literatura fora da caixa – Guia 1 Educação Infantil. Brasília: Ministério da Educação, 2014, p. 11-18. Disponível em:< http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15609-guia-ei-leituraforadacaixa-pdf&category_slug=maio-2014-pdf&Itemid=30192> Acesso em: Jan. de 2016.

SOLÉ, I. Estratégias de leitura. Tradução de Cláudia Schilling. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

SOUZA, R. J. de. Literatura infantil e primeira infância: políticas e práticas de leitura. Revista Fronteiraz, nº 17 - dezembro de 2016, p. 43 – 59. Disponível em: < https://revistas.pucsp.br/index.php/fronteiraz/article/viewFile/28941/21241> Acesso em: Jan. de 2016.

SOUZA, R. J. de; GIROTTO, C. G. Era uma vez... uma caixa de histórias: Prosa no acervo do PNBE 2014. In: BRASIL. PNBE na escola: literatura fora da caixa – Guia 1 Educação Infantil. Brasília: Ministério da Educação, 2014, p. 31- 44. Disponível em:< http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15609-guia-ei-leituraforadacaixa-pdf&category_slug=maio-2014-pdf&Itemid=30192> Acesso em: Jan de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 RENATA JUNQUEIRA DE SOUZA, CLAUDIA LEITE BRANDAO

e-ISSN: 2358-8322

Copyright: © 2014 Unitins

 

Revista Humanidades e Inovação

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

108 Sul Alameda 11, Lote 03 - CEP.: 77020-122 - Palmas-Tocantins

Tel.: (63) 3218-4911

 E-mail: rev.humanidades@unitins.br

 

 

Indexadores:

LatindexSistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

RedibRed Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (Consejo Superior de Investigaciones Científicas, Espanha)

Livre!Portal para periódicos de livre acesso na Internet (Brasil)

MiarInformation Matrix for the Analysis of Journals (Universitat de Barcelona, Generalitat de Catalunya)

Mir@bel - (Re) cueillir les savoirs (Sciences Po Lyon, Sciences Po Grenoble e Diderot Biblioteca Lyon, França)

Diadorim Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Brasil)