RESGATE DA LÍNGUA ALEMÃ: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO

REPORT OF AN INTERNSHIP EXPERIENCE

  • Milena Hoffmann Kunrath UFPel
  • Mateus Klumb Universidade Federal de Pelotas - UFPel
  • Vivian Cristine Santos dos Anjos Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Resumo

O presente relato pretende apresentar primeiramente as dificuldades que tangem os estágios no curso de Licenciatura em Letras - Português e Alemão da UFPel, apontando em seguida o desenvolvimento de alternativas para que tanto os alunos do curso, quanto a comunidade escolar envolvidos se beneficiem da experiência. Ao focar na conscientização linguística e reintrodução da disciplina de língua alemã em escolas que outrora ofereciam o idioma, os estagiários ampliam sua inserção na comunidade como agentes da mudança no âmbito das políticas linguísticas. Discorre-se ainda sobre a experiência em si, a aplicação repetida de um mesmo plano para diferentes turmas, como fonte de reflexão sobre a responsabilidade do professor no processo de aprendizagem.

Biografia do Autor

Milena Hoffmann Kunrath, UFPel

Licenciada em Letras - Língua Portuguesa e Alemã, e bacharel em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. É Mestre em Letras na área de Literatura Comparada pela UFRGS e Doutora em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS. Fez estágio de doutoramento sanduíche na Universidade de Konstanz (2014), sob orientação da Profª Drª Aleida Assmann, com bolsa da CAPES. É professora efetiva na área de alemão da Universidade Federal de Pelotas - UFPel desde fevereiro de 2017. É coordenadora do programa de língua alemã do Idiomas Sem Fronteiras da UFPel e do curso de Português-Alemão da UFPel. Tem experiência na área de Letras, subáreas de Literatura Alemã e Teoria da Literatura, com ênfase em memória e história.

Mateus Klumb, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Graduando do curso de Letras Português e Alemão da Universidade Federal de Pelotas. Integra os projetos de pesquisa “História, cultura e identidade no Kalender für die Deutschen in Brasilien (1881-1918; 1920-1941)” e “Comércio livreiro e acesso à literatura alemã no Rio Grande do Sul (1877-1941)”. Ministrante de Língua Alemã no Projeto de Extensão da UFPel.

Vivian Cristine Santos dos Anjos, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Graduanda do curso de Letras Português e Alemão da Universidade Federal de Pelotas. Participou do PIBID em Língua Portuguesa no ano de 2017.  

Publicado
2018-12-21
Seção
Relatos de Experiência