AVALIAÇÃO DE DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE USO DE AGROMINERAIS NA RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS E NA PRODUÇÃO DA PASTAGEM

  • Vanessa Silveira Jorge PIBIC-Unitins
  • Fred Newton da Silva Souza Unitins

Abstract

A degradação compreende um processo complexo, pois seus efeitos decorrem de inúmeros fenômenos físico, químico e biológico que reduzem a fertilidade das terras e a qualidade das águas, provocando alterações nos ecossistemas naturais, essas perdas de nutrientes na agricultura brasileira causam prejuízo anual na ordem de bilhões de dólares. Visando proporcionar o restabelecimento das condições de equilíbrio e sustentabilidade, a presente pesquisa objetivou avaliar diferentes estratégias de aplicação do pó de rocha(biotita-xisto) em associação com outros produtos na recuperação de uma área degradada, o desenvolvimento e qualidade da pastagem. As pesquisas foram realizadas na Escola Família Agrícola de Porto Nacional -TO, onde havia um interesse de expandir a área de pastagem para suprir a necessidade na produção animal, utilizou-se a experimentação agrícola como ferramenta de capacitação e formação profissional, conduzida com ampla e efetiva participação dos estudantes e professores do ensino médio. A avaliação dos tratamentos de recuperação do potencial produtivo da área levou em conta parâmetros físico-químicos do solo no primeiro ciclo e, nesse segundo ciclo, o desenvolvimento fisiológico da pastagem, onde foram analisadas as seguintes variáveis: altura do dossel (AD), número de touceiras (NT), área foliar por perfilho (AFP), densidade populacional de perfilhos (DPP) e índice de área foliar (IAF). Os resultados permitem concluir que os efeitos das diferentes estratégias de uso do pó de rocha sobre os atributos físicoquímicos do solo influenciaram positivamente o desenvolvimento da pastagem, o que permite concluir que a rochagem compreende uma alternativa tecnológica viável para a recuperação de áreas degradadas, e uma interessante técnica para a agricultura regional.

Author Biographies

Vanessa Silveira Jorge, PIBIC-Unitins
Estudante - Curso de Engenharia Agronômica. Fundação Universidade do Tocantins UNITINS
Fred Newton da Silva Souza, Unitins
Professor/Pesquisador UNITINS, Doutorado em Geologia pela Universidade de Brasília

References

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRAA DE NORMAS TÉCNICAS (1989) ABNT-NBR 10703- Degradação de solo. São Paulo;

BARBOSA, L.M. Manual de recuperação de áreas degradadas do Estado de São Paulo: Matas Ciliares do Interior Paulista. São

Paulo: Instituto de Botânica, 2006.

BERTONI, J. & LOMBARDI NETO, F. Conservação do solo. São Paulo: Editora Ícone, 2008. p.356.

CAPECHE, C.L.; MACEDO, J.R.; MELO, A.S. Estratégias de recuperação de áreas degradadas. Disponível em:

http://www.cnps.embrapa.br/solosbr/pdfs/curso_rad_2008> Acesso em 10 de jul.2014.

MARQUES, J. Q. A. Conservação do solo no Brasil. In: CONGRESSO PAN-AMERICANO DE CONSERVAÇÃO DO SOLO, São Paulo,

; Anais... São Paulo, Secretaria da Agricultura, 1966. p. 777-782.

OLDEMAN, L. R. The global extent of soil degradation. In: Soil Resiliense and sustainable Land Use. GREENLAND, D. J. &

SZABOCLS, I (Eds), Cab International, Wallingford, UK. 1994. p. 99-118.

PEREIRA, M.G.; LOSS, A.; BEUTLER, S.J.; TORRES, J.L.R. Carbono, matéria

orgânica leve e fosforo remanescente em diferentes sistemas de manejo do solo.

Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.45, p.508-514. 2010.

SBRISSIA, A. F.; DA SILVA, S. C. Compensação tamanho/densidade populacional de perfilhos em pastos de capim-marandu.

Revista Brasileira de Zootecnia, v. 37, n. 1, p. 35-47, 2008.

TAVARES, S. R. L. et. al.Curso de recuperação de áreas degradadas: a visão da Ciência do Solo no contexto do diagnóstico,

manejo, indicadores de monitoramento e estratégias de recuperação. Rio de Janeiro. Embrapa Solos, 2008.

WOLMAN, M. G. Soil erosion and crop productivity: a worlwide perspective in soil erosion and crop productivity. Madison:

Soil Science Society of America, 1985. (WordWatch Paper, 60).

Published
2016-06-11
How to Cite
Jorge, V. S., & Souza, F. N. da S. (2016). AVALIAÇÃO DE DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE USO DE AGROMINERAIS NA RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS E NA PRODUÇÃO DA PASTAGEM. AGRI-ENVIRONMENTAL SCIENCES, 1(2). Retrieved from https://revista.unitins.br/index.php/agri-environmental-sciences/article/view/92