CONCEPÇÕES E MODELOS DA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: UM ESTUDO TEÓRICO

A THEORETICAL STUDY

  • Judenilson Teixeira Amador Universidade Federal do Pará

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar as concepções, modelos e dimensões da formação continuada de professores. Esta pesquisa constitui-se uma seção integrante de minha tese doutoral, que tem como título “Formação continuada de professores centrada nas necessidades escolares: percepções docentes de melhoria da prática pedagógica” pesquisa esta ainda em curso. O estudo tem como base uma pesquisa bibliográfica onde foram analisados livros, teses, dissertações, artigos de revistas especializadas para consolidação da discussão em torno das diferentes concepções, modelos e dimensões da formação continuada de professores (Nunes, 2000; Nunes, 2018; Rossi e Hunger, 2013; Gatti, 2008; Candau, 2008; Prada; Freitas e Freitas, 2010; Silva, 2000; Ribeiro, 2005 entre outros pesquisadores que estudam tal objeto). A formação continuada de professores ao longo da trajetória histórica da educação brasileira vem tomando diferentes conotações constituindo-se num campo de pesquisa profícuo no contexto brasileiro haja vista, a grande produção científica em que diferentes abordagens teórico-metodológica são priorizadas. O estudo constata que as concepções, os modelos e as dimensões da FCP refletem o momento histórico da sociedade e dificilmente suas definições se encontram em estado puro nas escolas, pois o critério de verdade é a práxis.

Palavras-Chave: Formação continuada. Concepções. Modelos.

Publicado
2019-03-01
Seção
Artigos