EDITORIAL

  • Maria Tereza Ribas Sabará Universidade Estadual do Tocantins - Unitins
  • Mylena Costa Jacundá Universidade Estadual do Tocantins - Unitins

Resumo

Esse dossiê é apresentado em um cenário de crise política, econômica e sanitária que destacou o papel social da universidade na criação de espaços plurais de diálogo entre a ciência e a comunidade. Em um contexto de disseminação de discursos negacionistas e autoritários, a universidade se coloca como um dos principais agentes no seu enfrentamento, fortalecendo a luta pela educação pública de qualidade, pelo direito à informação e pela democracia, estimulando o seu reconhecimento enquanto instituição promotora de mudança da realidade social.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Tereza Ribas Sabará, Universidade Estadual do Tocantins - Unitins

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Viçosa e mestre em Desenvolvimento Regional pela Universidade Federal do Tocantins. É membro do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas e Desenvolvimento (GEPPD) que subsidia as ações da Incubadora de Políticas Públicas da Amazônia/Núcleo Tocantins (IPPA/TO). Atuou durante seis anos com assessoria técnico-legislativa em comissões na Assembleia Legislativa do Tocantins e tem pesquisado temas relativos ao comportamento político; produção de políticas públicas no âmbito do Poder Legislativo; e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Atualmente, é professora na Faculdade Serra do Carmo (Fasec) e na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

Mylena Costa Jacundá, Universidade Estadual do Tocantins - Unitins

Mestranda junto ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Federal do Tocantins - UFT. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Tocantins - UFT (2017). Atualmente responde pela Coordenadoria de Extensão e Desenvolvimento Social da Universidade Estadual do Tocantins - Unitins.

Publicado
2021-06-16