O SARAU COMO PRÁTICA DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA

Palavras-chave: Sarau. Servidores públicos. Unitins.

Resumo

A prática de Sarau, no Brasil, possivelmente iniciou por influência francesa, após a chegada de D.João VI, com foco na literatura e apenas para as elites. Mas isso mudou, pois o sarau passou a ser prestigiado por número cada vez mais ampliado de pessoas. Sarau é um evento que promove momentos prazerosos e de aprendizados, pois os participantes podem apresentar obras, ideias e pensamentos de própria autoria ou não, enquanto elabora repertório artístico-cultural e político. O Sarau dos Servidores (2019), que ocorreu na Sede da Unitins, Palmas-TO, foi destinado aos servidores públicos, porém acadêmicos da instituição e de outras universidades, além de pessoas da comunidade também participaram. O objetivo deste texto é descrever e refletir sobre esse evento realizado pela Pró-Reitoria de Extensão que envolveu mais de uma centena de pessoas que se reuniram para compartilhar textos literários, músicas e outras manifestações artístico-culturais de forma a ampliar conhecimentos e horizontes, rompendo com o automatismo, além de proporcionar bem-estar. E permitiu a interação de acadêmicos, professores colaboradores da Unitins e demais participantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexia da Silva Sousa, Unitins

Acadêmica do Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Estadual do Tocantins - Unitins. 

Maria de Fátima Rocha Medina , Unitins

Doutora em Letras pela Unileón/UFPE. Atualmente, é professora vinculada à Proex, na Unitins. 

Referências

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. 2.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

MEDINA, Maria de Fátima Rocha et al. Sarau universitário como espaço de formação estética e ética. Revista Extensão. Interculturalidade e metodologias participativas na extensão universitária. v. 3, n.2, 2019: ISSN: 2596-2019.

SILVA, Fransuelen Geremias et al. Saraus Contemporâneos: a importância dos saraus como espaço político de socialização. Cadernos ESPUC, Belo Horizonte- n.29- 2016.

TENNINA, Lucía. Saraus das periferias de São Paulo: poesia entre tragos, silêncios e aplausos. Estudos de Literatura Brasileira contemporânea. n.42. Brasília, jul./dez. 2013. ISSN 2316-4018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2316-40182013000 200001&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 31 de jul.2019.

TOCANTINS. Política de Extensão da Universidade Estadual do Tocantins. Aprovada conforme resolução/CONSEPE/N. 005/2017. Universidade Estadual do Tocantins, Palmas, 2017. Disponível em: https://www.unitins.br/nportal/extensao/page/ show/documentos-normativos. Acesso em: 11 out. 2020.
Publicado
2021-06-16
Seção
Relatos de Experiência