A MELHORIA DA VIDA DO IDOSO POR MEIO DA MÚSICA E DANÇA

Palavras-chave: Idoso. Dança. Alegria. Envelhecimento. Intergeracionalidade.

Resumo

O relato traz experiências do desenvolvimento do Projeto de Extensão “A Melhoria da Vida do Idoso por meio da Música e Dança” na cidade de Araguatins-TO. Com a participação de professores, técnicos administrativos, acadêmicos, egressos da Universidade Estadual do Tocantins Unitins e idosos da comunidade. O objetivo era desenvolver as relações intergeracionais por meio da música e da dança com acadêmicos do câmpus Araguatins-TO Unitins e idosos de Araguatins. Realizou-se programas de atividades intergeracionais com apresentações de músicas e danças no câmpus de Araguatins e apresentações em eventos em Augustinópolis-TO, contou com parceiros como: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Centro de Referência Assistência Social - CREAS, Casa da Cultura/Prefeitura Municipal, NASF – Núcleo de Assistência à Saúde da Família e Grupo ARTDANCE. O projeto atendeu, em média, 60 idosos, com participações de aproximadamente 80 acadêmicos que contribuíram semanalmente nas atividades realizadas pelo projeto. Utilizou-se metodologias ativas com variadas estratégias de ensino que consistiram em um aprendizado lúdico com conscientização visual, sensorial, em que os idosos se divertiam em pares e, às vezes, sozinhos. As atividades iniciaram em agosto de 2019 e, por conta da pandemia da Covid-19, foram interrompidas em março de 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Souza Almeida, Unitins

Acadêmica do curso de Pedagogia – Unitins. Bolsita do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Extensão/PIBIEX/Unitins.

Silvanis dos Reis Borges Pereira, Unitins

Mestre em Educação. Professora da Universidade Estadual do Tocantins.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA – SBC. V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2007001500012. Acesso: 02 dez. 2020.

BARRETO, Débora. Dança… ensino, sentidos e possibilidades na escola. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2004.

BEAUVOIR S 1976. A velhice: realidade incômoda. 2. ed. DIFEL, São Paulo, 1976.

MIRANDA, D. S. Um programa para todas as idades. Caderno de cidadania intergeracionalidade. Disponível em: .portaldoenvelhecimento.org.br.revista. Acesso em: 20 nov. 2019.

PALACIOS, J. Mudanças e desenvolvimento durante a idade adulta e a velhice. In COLL, César et.al. Desenvolvimento pedagógico e educação: psicologia evolutiva. 2. Ed. Porto Alegre: Artemed, 3 v, 2004.

SÁEZ, Juan (2002). Hacia la educación intergeneracional. Concepto y posibilidades. In Juan Sáez (Coord.), Pedagogía social y programas intergeneracionales: educación de personas mayores (pp. 99– 112). Málaga: Aljibe.

SALVADOR, M.A. A Importância da Atividade Física na Terceira Idade: Uma Análise da Dança Enquanto Atividade Física. Revista Primeiros Passos. Universidade do Contestado, Concórdia, 2004. Disponível em: http://www.nead.uncnet.br/2004/revista/ppassos/1/15.pdf. Acesso em: 29 de jun. 2019.
Publicado
2021-06-16
Seção
Relatos de Experiência