COLEÇÕES ZOOLÓGICAS: O MUSEU DE ZOOLOGIA E TAXIDERMIA JOSE HIDASI DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO TOCANTINS

  • Eloísa Paula Bispo de Sousa Universidade Estadual do Tocantins
  • Marcus Vinícius Moreira Barbosa Universidade Estadual do Tocantins
Palavras-chave: Coleções zoológicas. Biodiversidade. Museu de Zoologia.

Resumo

Coleções zoológicas depositadas em Museus de Zoologia apresentam importâncias de caráter cientifico e didático. São representantes da fauna que podem estar extintas ou mesmo espécies de difícil acesso na natureza, sendo, portanto, consideradas ferramentas fundamentais para o conhecimento da biodiversidade no planeta. Este artigo aborda aspectos da importância das coleções zoológicas de maneira geral e traz informações relevantes sobre o Museu de Zoologia e Taxidermia José Hidasi da Unitins, localizado na cidade de Porto Nacional no Estado do Tocantins. Além disso, são expostos fatos históricos da sua fundação e constituição do acervo, elucidando dados do quantitativo das suas coleções didáticas e cientificas, assim como denota as atividades realizadas na instituição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eloísa Paula Bispo de Sousa, Universidade Estadual do Tocantins

Graduada em Ciências Biológicas, Mestre em Ciências do Ambiente e Técnica de Nível Superior do Museu de Zoologia e Taxidermia José Hidasi da Universidade Estadual do Tocantins - Unitins. 

Marcus Vinícius Moreira Barbosa, Universidade Estadual do Tocantins

Graduado em Ciências Biológicas, Mestre em Ecologia, Doutor em Biotecnologia e Biodiversidade e Curador do Museu de Zoologia e Taxidermia José Hidasi da Universidade Estadual do Tocantins - Unitins.

Referências

BEZERRA, A. M. R. Coleções cientificas de mamíferos: I - Brasil. Boletim da Sociedade Brasileira de Mastozoologia, n. 65, p. 19 – 25, 2012.

CANHOS, D.A.L., SOUZA, S., CANHOS, V.P. Coleções biológicas e sistemas de informação. In: MCT. Workshop Diretrizes e Estratégias para a Modernização de Coleções Biológicas Brasileiras e a Consolidação de Sistemas Integrados de informação sobre Biodiversidade. Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (CGEE)/Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), Brasília. p. 241-314, 2006.

CARLAN, C. U. Os Museus e o patrimônio histórico: uma relação complexa. História. v. 27, n. 2, p. 75-88, 2008.

KURY, A. B. ; SETTE, L. D.; et al . Diretrizes e Estratégias para a modernização de coleções biológicas brasileiras e a consolidação de sistemas integrados de informação sobre biodiversidade. 1. ed. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos: Ministério da Ciência e Tecnologia. v. 1, 2006, 324 p.

LOPES, José Rogério. Colecionismo e ciclos de vida: uma análise sobre percepção, duração e transitoriedade dos ciclos vitais. Horiz. antropol., Porto Alegre , v. 16, n. 34, p. 377-404, dez. 2010.

MARINONI, L. e PEIXOTO, A. L. As coleções biológicas como fonte dinâmica e permanente de conhecimento sobre a biodiversidade. Ciência e Cultura. Artigos e Ensaios. V. 62, n. 3, p. 54-57, 2010.

MMA. 2007. Instrução Normativa no. 160, de 27 de abril de 2007. IBAMA - Ministério do meio Ambiente. Diário Oficial da União no. 82, Seção 1:404-405.

OLIVEIRA, C. Coleções e colecionadores: as práticas de colecionar, motivações e simbologias. Museologia & Interdisciplinaridade v. 6, n 12, jul./ dez. de 2017, p. 169-179.

PIMENTA, A. L.; VASCONCELOS, T. P. C.; RODRIGUES, D. L. R.; MORONE, M. R.; STEFANO, R. G.; BINOTO, T. G. S.; SANTOS, J. B. O. A importância da curadoria de coleções zoológicas do subfilo Vertebrata para a comunidade científica. Revista Presença, v. 2, p. 17-34, 2017.

PPBIO. 2018. Programa de Pesquisa em Biodiversidade/CENBAM – Centro de Estudos Integrados da Biodiversidade da Amazônia. O que são coleções biológicas? Disponível em < https://ppbio.inpa.gov.br/colecoes/sobre> Acesso: em Jan/2018

SUANO, Marlene. O que é museu. São Paulo: Brasiliense,1986, 101p.
SIBBr. 2017. Coleções Biológicas. Disponível em: Acesso em Janeiro de 2017.
Publicado
2020-10-15
Seção
Artigos