PIBID NA PERSPECTIVA DO DISCENTE: UMA VISÃO SOBRE OS PIBIDIANOS

Palavras-chave: Língua Inglesa. Experiência docente. Escola pública.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo relatar olhar de um bolsista sobre a experiência como participante do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) do núcleo de Língua Inglesa em Araguaína -TO. Relatarei como se deram os trabalhos ao longo dos 18 meses da nossa permanência em uma escola pública, tais como reflexões, planejamento, metodologias e leituras propostas pelo núcleo como Lima (2011), Leite (2018), Barcelos (2011) e a Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2017). Trarei algumas reflexões ocorridas dentro e fora da sala de aula nas horas trabalhadas a serviço do programa.  Vale ressaltar que esta experiência só foi possível através da parceria entre alunos do PIBID, a unidades escolar e a Universidade Federal do Tocantins-UFT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Douglas Costa Batista, Universidade Federal do Tocantins

Discente do curso de Letras da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Araguaína, Tocantins. 

Elisa Borges de Alcântara Alencar, Universidade Federal do Tocantins

Doutora em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Professora Doutora do Curso de Letras da Universidade Federal do Tocantins (UFT). 

Referências

BRASIL, Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017.
LIMA, D. C. Inglês em escolas públicas não funciona uma questão, múltiplos olhares. São Paulo: Parábola Editora, 2011.
LEITE, P. M. C. C.. YES, VAMOS CORRER PARA “DOMINAR” A LINGUA: como a Língua inglesa é representada em textos midiáticos – Curitiba: CRV, 2018.
BARCELOS, A. M. F.. Lugares (im)possíveis de se aprender inglês no Brasil: crenças sobre a aprendizagem de inglês em uma narrativa / In: Diógenes Candido de Lima (Org.), Ensino e aprendizagem de língua inglesa / São Paulo: Parábola Editora, 2011, p. 147-158.
Publicado
2020-12-15
Seção
Relatos de Experiência