DESAFIOS DA LÍNGUA INGLESA: A POSSIBILIDADE DE PROMOVER A APRENDIZAGEM RELACIONANDO A REALIDADE COM O TEMA GLOBAL WARMING

Palavras-chave: Língua Inglesa. Meio ambiente. Motivação. Ensino do Inglês.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar de forma descritiva e reflexiva um pouco da vivência em sala de aula que se deu por meio do Programa PIBID-UFT/Araguaína em parceria com uma Unidade Escolar.  Para o planejamento das aulas utilizamos um estudo do vocabulário temático ‘Green Practices and Environment’. Preparamos recursos e metodologias a serem utilizadas levando em consideração o conteúdo do livro didático que foi um importante aliado na construção de nossas atividades. Devido às dinâmicas realizadas, os alunos interagiram e mostraram-se entusiasmados e atentos ao conteúdo proposto e à temática sobre o meio ambiente. Concluímos que houve maior interesse pela língua inglesa, aprendizagem sobre preservação do meio ambiente, aumento do vocabulário e maior capacidade de leitura de textos em Língua inglesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisa Borges de Alcântara Alencar, Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Doutora em Linguística, docente do curso de Letras da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Araguaína, Tocantins. 

Cleyslla Barbosa Dos Santos , Universidade Federal do Tocantins

Discente do curso de Letras, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Araguaína, Tocantins. 

Ester Denise Tavares Lourenço , Universidade Federal do Tocantins

Discente do curso de Letras, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Araguaína, Tocantins. 

Jacqueline Rodrigues Borges Silva, Secretaria de Educação do Tocantins

Especialista em Ensino de Língua Inglesa, professora na rede estadual de ensino (SEDUC), Araguaína, Tocantins. 

Referências

BOTELHO, G.; LEFFA, V. J. Por um ensino de idiomas mais includente no contexto social atual / In: Digenes Candido de Lima (Org.), Ensino e aprendizagem de língua inglesa / 1 ed. São Paulo: Parábola Editora, 2009, p. 113-123.
BRASIL. Ministério da Educação Base Nacional Curricular Comum.
BRASIL, L. A. de A. (2016). A escrita criativa e a universidade. Letras De Hoje, 50(5), s105-s109. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2015.s.23146
NOVA ESCOLA. BNCC na prática. Disponível em: . Acesso em: 23 de set. de 2019.
FERRAZ, D. M. / KAWACHI-FURLAN, C. J.. (Orgs.) Educação linguística em línguas estrangeiras / Campinas, SP: Pontes Editores, 2018.
FRANCO, C. Way to english for brazillian leaners / 1º ed., São Paulo: Ática, 2015.
FREIRE, P.. Pedagogia do Oprimido / 17ª. ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
LIMA, D. C.. Inglês em escolas públicas não funciona uma questão, múltiplos olhares. São Paulo: Parábola Editora, 2011.
SANTOS, E. S. S.. O ensino da Língua Inglesa no Brasil. Disponível em: < http://www.revistas.uneb.br/index.php/babel/article/view/99>. Acesso em: 26 jul. 2020.
Publicado
2021-03-31
Seção
Artigos