A IMPORTÂNCIA DO ÁCIDO FÓLICO E SULFATO FERROSO NA GESTAÇÃO

  • Reobbe Aguiar Pereira Faculdade Guaraí-FAG
  • João Noronha Teles Faculdade Guaraí-FAG
  • Cristina Maciel Lima Costa Faculdade Guaraí-FAG
Palavras-chave: Ácido Fólico. Sulfato Ferroso. Gestação.

Resumo

Será abordado neste trabalho a importância da ingestão do ácido fólico e sulfato ferroso na gestação, que são distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde, gratuitamente na forma oral, e também a importância da complementação destes medicamentos com alimentos ricos em ácido fólico e sulfato ferroso, pois a ausência do mesmo pode ocasionar problemas irreversíveis, como defeitos do tubo neural, encefalocele e anencefalia. Qual a importância da administração do ácido fólico e sulfato ferroso na gestação? O ácido fólico e sulfato ferroso atuam na divisão das células, prevenção dos defeitos do tubo neural e reduz o nascimento de bebês prematuros e com baixo peso. A metodologia utilizada se caracteriza por um método bibliográfico, descritivo, exploratório e explicativo, utilizaram-se livros, revistas, artigos científicos e bancos de dados online. Características obstétricas e condição de saúde estão associadas ao uso dos suplementos entre as gestantes. Sugere-se realização de atividades de sensibilização para as gestantes.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Reobbe Aguiar Pereira, Faculdade Guaraí-FAG

Enfermeiro; Especialista Enfermagem do Trabalho; Urgência e Emergência; Unidade de Terapia Intensiva - UTI; Informática em Saúde, e Mestrando em Ciências Ambientais.

João Noronha Teles, Faculdade Guaraí-FAG

Bacharel Enfermagem; Especialista Enfermagem do Trabalho e Saúde da Família. 

Cristina Maciel Lima Costa, Faculdade Guaraí-FAG

Bacharel Enfermagem; Especialista Enfermagem do Trabalho e Saúde da Família. 

Referências

AFFONSO, Christianne de Vasconçelos; SONATTI, Jaqueline Girnos. Nutrição e o Ciclo da Vida, Gravidez, Amamentação e a Criança Pré-Escolar. 2014.

ASPERHEIN, Mary Kaye. Farmacologia para Enfermagem. 9. Ed. Rio de Janeiro-RJ: Guanabara Koogan S.A., 1. V., 2003. 256 pg.

BOA SAÚDE. Os benefícios do Ácido Fólico: A vitamina pode diminuir o risco de malformação congênita. 2003. Disponível em: . Acesso em: 22 de dezembro de 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Informe de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, Ano IX, nº 46, maio/junho de 2008.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual operacional do Programa Nacional de Suplementação de Ferro.Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 28 p. - (Série A. Normas e Manuais Técnicos).

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção á Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Área técnica de Saúde da mulher. Pré-natal e Puerpério. Atenção qualificada e humanizada. Manual Técnico. Brasília: 2005. 162p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Consenso Sobre Anemia Ferropriva: mais que uma doença, uma urgência médica! Departamentos de Nutrologia e Hematologia-Hemoterapia. Brasília: Ministério da Saúde, 2018. Nº 2 / Junho / 2018.

CANÇADO, Rodolfo Delfini. O uso intravenoso de sacarato de hidróxido de ferro III em pacientes com anemia ferropriva. Rev. Assoc. Med. Bras. São Paulo: 2005.

FERREIRA, Gedeon Alves; GAMA Fernanda Nunes. Percepção de Gestantes Quanto o Ácido Fólico e Sulfato Ferroso Durante o Pré-Natal. Revista Enfermagem Integrada. Ipatinga: Unileste-Mg - V.3 - N.2 - Nov./Dez. 2010.

LOPES; Maria do Carmo dos Santos; FERREIRA; Luiz Oscar Cardoso; FILHO, Malaquias Batista. Uso Diário e Semanal de Sulfato Ferroso no Tratamento de Anemia em Mulheres no Período Reprodutivo. Cad. Saúde Pública. Rio de Janeiro: vol.15, n. 4, Out./Dez., 2014.

MOORE, M.C. Nutrição materna e fetal. In: LOWDERMILK, D.L.; PERRY, S.E.; BOBAK, L.M. O cuidador de enfermagem materna. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

NABESHIMA, Elisabeth H. et al. Pão enriquecido com ferro. Campinas, SP: Jul – Set., 2005.

RODRIGUES. William Costa. Metodologia Científica. Paracambi – RJ. 2007.

SANTOS, Leonor Maria Pacheco; PEREIRA; Michelle Zanon. Efeito da Fortificação com Ácido Fólico na Redução dos Defeitos do Tubo Neural. Cad. Saúde Pública. Rio de Janeiro: vol.23, no.1, Jan., 2007.

SILVA, Edna Lúcia da. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. ed. rev. atual. – Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001. 121p.
Publicado
2019-10-02
Seção
Artigos