DESEMPENHO AGRONÔMICO DE VARIEDADES DE MANDIOCA EM SISTEMA IRRIGADO

  • Esdras Henrique da Silva Instituto Federal do Tocantins
  • Daniel Santana Colares Instituto Federal do Tocantins
  • Raimundo Filho Freire Brito
  • Vitória Eduarda Ferreira
  • Antônio Jocely Saraiva da Silva Junior IFTO
  • Gustavo Azevedo Campos

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar a produtividade e adaptação das variedades de mandioca ARN, BRS 399, BRS 400, BRS 401 e Cacau na região norte do estado do Tocantins em sistema irrigado. O ensaio foi conduzido na área experimental do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), campus Colinas do Tocantins. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, sendo os tratamentos as variedades de mandiocas mencionadas, com quatro repetições. Cada repetição apresentou quatro linhas de dez plantas, sendo que a parcela experimental útil foi composta pelas duas linhas centrais, na qual avaliou-se as cinco plantas centrais de cada linha útil. O manejo de irrigação adotado foi o de fitas gotejadoras. Foram realizadas três adubações e a avaliação ocorreu nove meses após o plantio. As variáveis avaliadas foram: altura da planta e da primeira bifurcação, massa da parte aérea, massa das raízes tuberosas (produtividade das raízes), índice de colheita, tempo de cocção, teor de amido e rendimento de farinha. Os resultados evidenciaram a existência de diferenças significativas, entre as cinco variedades testadas, para os parâmetros altura da planta e da primeira ramificação, massa da parte aérea, produtividade de raízes e tempo de cocção. Todas as variedades obtiveram produtividade satisfatória, sendo que a BRS 401, BRS 400 e a BRS 399 destacaram-se por apresentar 61,26, 52,34 e 49,70 t/ha, respectivamente. As variedades Cacau, ARN e BRS 401 apresentaram os menores tempo de cocção, 16, 17 e 18,5 minutos, respectivamente. O genótipo BRS 401 apresentou maior altura de planta, e da primeira ramificação, maiores produtividades de raiz (61,26 t/ha) e da parte aérea (30,97 t/ha). De modo geral, todas as variedades apresentaram resultados satisfatórios e podem ser recomendadas para o plantio na região norte do Tocantins.

Publicado
2021-06-29
Como Citar
Henrique da Silva, E., Colares, D. S., Brito, R. F. F., Ferreira, V. E., Silva Junior, A. J. S. da, & Campos, G. A. (2021). DESEMPENHO AGRONÔMICO DE VARIEDADES DE MANDIOCA EM SISTEMA IRRIGADO. AGRI-ENVIRONMENTAL SCIENCES, 7(1), 10. https://doi.org/10.36725/agries.v7i1.5250